Paolo x Paulo peruano do Fla revê homem que o levou à seleção técnico do

News3

oje referência no futebol do Peru, Guerrero também precisou daquela primeira chance em sua seleção principal. Quando tinha 20 anos, a oportunidade veio graças a Paulo Autuori - atual técnico do Atlético-PR. Quase treze anos depois daquele 'voto de confiança' e de iniciar sua trajetória representando o país, o atacante volta a ser um perigo para o time de Autuori, nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, pela Libertadores. O jogo será às 21h45 e é válido pelo Grupo 4 do torneio.

Guerrero e Autuori se reencontram mais uma vez nesta quarta-feira, na Arena da Baixada (Foto: editoria de arte) Guerrero e Autuori se reencontram mais uma vez nesta quarta-feira, na Arena da Baixada (Foto: editoria de arte)

Guerrero e Autuori se reencontram mais uma vez nesta quarta-feira, na Arena da Baixada (Foto: editoria de arte)

- Conheço bem o Guerrero. É um grande jogador, desde cedo mostrou isso. Naquele momento, convoquei porque era o que tinha que fazer - disse Autuori, nesta terça.

Em outubro de 2004, a primeira convocação de Guerrero foi para jogos válidos pelas eliminatórias da Copa de 2006, diante de Bolívia e Paraguai. Aos 20 anos, o atacante não tinha muito status e boa parte da opinião pública do país desconfiou da escolha de Autuori. Ele estava atuando pelo time B do Bayern de Munique, da Alemanha. Hoje, o atacante é o maior artilheiro da história da seleção peruana, com 31 gols.

++Zé Ricardo planeja manter base que venceu o Botafogo, com três volantes. Donatti pode voltar

Guerrero marcou 10 gols em 2017 na melhor fase pelo Fla

Essa não é a primeira vez que Guerrero reencontra seu primeiro treinador na seleção principal do Peru. Contando o último jogo pela Liberadores, são seis confrontos desde 2013. Três vitórias para o atacante, três empates e um gol marcado. Apesar de reconhecer todo o potencial do ex-pupilo, Autuori não prevê marcação especial para ele nesta quarta.

- No último jogo pelo Carioca, diante do Botafogo, Paolo Guerrero exerceu uma função um pouco distinta. É um jogador que tem qualidade para isso e fez muito bem. (...) O importante para nós é mantermos a nossa ideia de jogo. Logicamente, fazendo alguns ajustes em relação das virtudes dos adversários que enfrentamos. O Flamengo tem muitas virtudes como um todo - disse o técnico do Furacão.

Guerrero marcou duas vezes no fim de semana, diante do Botafogo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo) Guerrero marcou duas vezes no fim de semana, diante do Botafogo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Guerrero marcou duas vezes no fim de semana, diante do Botafogo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Paolo Guerrero vive seu melhor momento desde que chegou ao Flamengo, no meio da temporada 2015. Artilheiro da equipe no ano, com 10 gols, ele tem ajudado o time não só balançando as redes. O camisa 9 se movimenta muito também fora da área e tem assumido o protagonismo do setor ofensivo - sobretudo com a ausência de Diego, lesionado.

- O crescimento do Paolo tem a ver com a personalidade dele. Sabia que sem o Diego tinha que assumir protagonismo que esperamos. Está entendendo bem - analisa o téncico Zé Ricardo.

Veja os duelos entre Paolo Guerrero e Paulo Autuori abaixo:

17/07/2013 - Corinthians 2x0 São Paulo (Recopa)

28/07/2013 - Corinthians 0x0 São Paulo (Brasileiro)

20/04/2014 - Atlético-MG 0x0 Corinthians (Brasileiro)

06/08/2016 - Flamengo 1x0 Atlético-PR (Brasileiro)

11/12/2016 - Atlético-PR 0x0 Flamengo (Brasileiro)

12/04/2017 - Flamengo 2x1 Atlético-PR (Libertadores)

Dúvida na zaga:

Em coletiva concedida na Arena da Baixada, Zé Ricardo deixou claro que deve utilizar o mesmo time da vitória por 2 a 1 sobre o Botafogo. A única mudança pode ser o retorno de Donatti, desfalque no clássico por conta de dores musculares. Se não voltar, Rafael Vaz segue como titular.

- Expecativa é de que ele jogue. Ele (Donatti) está em recuperação. Trouxemos para o treinamento. Treinando bem, e não sentindo nada, ele vai para o jogo. Temos nove pontos em disputa. Sabemos que uma vitória amanhã é um passo grande rumo à classificação. Para nós é fundamental pontuar aqui amanhã e tentar nas próximas rodadas classificar em um grupo extremamente difícil. Flamengo quer muito essa vaga e passa por uma grande atuação nossa aqui amanhã - disse Zé.

Donatti trabalhou na Arena da Baixada e pode voltar (Foto: Gilvan de Souza) Donatti trabalhou na Arena da Baixada e pode voltar (Foto: Gilvan de Souza)

Donatti trabalhou na Arena da Baixada e pode voltar (Foto: Gilvan de Souza)

Como chega o Atlético-PR?

O Atlético-PR tem desfalques importantes para o confronto. O lateral-direito Jonathan, que esteve no jogo do Maracanã, segue no departamento médico. Quem assume a vaga é o zagueiro Zé Ivaldo, que será improvisado na posição. Outros dois jogadores que já estavam em tratamento na última partida da Libertadores são o meia Carlos Alberto e o atacante Pablo. Ambos continuam fora.

O técnico Paulo Autuori afirmou que deve manter a mesma equipe que jogou no Rio de Janeiro. Com as mudanças, o provável Furacão tem Weverton; Zé Ivaldo, Paulo André, Thiago Heleno (Wanderson) e Sidcley; Otávio, Deivid (Rossetto) e Lucho González; Nikão, Douglas Coutinho e Eduardo da Silva.

Confira detalhes do jogo abaixo:

Atlético-PR x Flamengo (quarta rodada da Libertadores)

Local e horário: Arena da Baixada, às 21h45

Desfalques: Conca, Diego e Thiago Santos, recuperando-se de cirurgias no joelho.

Provável time: Alex Muralha; Pará, Réver, Donatti (Rafael Vaz) e Trauco; Márcio Araújo, Rômulo, Willian Arão e Gabriel; Everton e Guerrero

Arbitragem: José Argote (Venezuela), auxiliado pelos compatriotas Luis Murillo e Jorge Urrego.

Na TV: TV Globo para RJ, SC, PR, MG (menos Varginha), ES, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior, Cristian Toledo e Paulo César Oliveira) e SporTV (com Luiz Carlos Jr e Lédio Carmona)

Tempo Real: GloboEsporte.com acompanha a partir das 20h45

 (Foto: )


Fonte: G1


Compartilhe:

Deixe seu comentário