Em coma induzido, Kid Vinil é transferido de MG para SP em helicóptero UTI

News3

O cantor e produtor musical Kid Vinil foi transferido, no início da tarde desta terça-feira (18), de Conselheiro Lafaiete, na Região Central de Minas Gerais, para a cidade de São Paulo, de acordo com a produção do artista. O músico foi internado no domingo (16), após passar mal durante um show, e está em coma induzido.

Kid Vinil participava de um projeto com outros cantores dos anos 1980, como Kiko Zambianchi e Ritchie, neste sábado em um clube de Conselheiro Lafaiete. O produtor do artista informou que ele foi o primeiro a se apresentar e, depois de sair do palco, começou a passar mal e foi atendido por uma enfermeira no clube. Ele foi socorrido pelo Samu e levado para o Hospital e Maternidade São José.

De acordo com a produção de Kid Vinil, a transferência para o Hospital da Luz, na capital paulista, é feita por um helicóptero equipado com uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) particular, já que o estado de saúde do músico é grave. Segundo a produção do músico, ele deixou a cidade mineira no início da tarde.

O produtor Marcio de Souza disse, na segunda-feira (17), que já havia retornado para São Paulo e que um irmão de Kid Vinil o acompanhava na cidade mineira. O produtor agradeceu a todos os envolvidos no socorro do artista e afirmou que espera a melhora dele para que possam retornar a Conselheiro Lafaiete e terminar o show.

Também segundo a produção, o músico é diabético e sofreu uma parada cardíaca. A família do cantor, que não é casado e não tem filhos, conversou com um neurologista e está esperançosa em relação à recuperação de Kid Vinil.

Carreira

Nome artístico de Antônio Carlos Senefonte, Kid Vinil destacou-se no cenário musical do rock brasileiro dos anos 1980, com o grupo Magazine. Cantor, radialista, compositor e jornalista, foi vocalista do Verminose, Magazine, Kid Vinil e os Heróis do Brasil, Kid Vinil Xperience.

Fonte: G1

Compartilhe:

Deixe seu comentário